sábado, 11 de fevereiro de 2012

Passatempo Dia dos Namorados - Da Votação



Declaro oficialmente aberta a votação das frases concorrentes ao Passatempo "Dia dos Namorados".

Até ao dia 13 de Fevereiro de 2012 podem votar na frase que mais gostam.

Escolham bem e que vença a melhor.

9 comentários:

Confuskos disse...

Muito bem!!

Ficou muito fixe!! Percebes umas coisas disto!! :)

Beijinho*

desejo disse...

Já votei.Mas o mais interessante foram as participações e acho que todas estão muito bem.

Parabéns Ni, pelo desafio.

Boa noite.

:) desejo

Orquídea Selvagem disse...

Ora aqui está um raro momento em que estou 100% de acordo com o nosso amigo Confuskos.
Assino por baixo.

Ficou mesmo muito bem.
Parabéns!

ana disse...

Eu optei por não fazer apelos ao voto no meu blogue e que vença mesmo aquela de que as pessoas mais gostarem :) O que importa é a partilha e que esta época, assim como todo o resto do ano, seja recheado de amor para todos.

Quero dar-te desde já os meus parabéns, Ni, pela ideia e por acolheres estas almas apaixonadas!

Um grande beijinho e... vou votar hehe

Any =D disse...

Obrigada pela dica :)

Petra disse...

Oh NI como posso votar? ando afastada destas lides! beijão!

NI disse...

A todos,

Eu é que tenho que agradecer pelo vosso entusiasmo e partilha.

Petra,

Na coluna do lado direito estão numeradas de 1 a 25 e na íntegra as frases que concorrem. Só tens que clicar no quadrado antes do número (e só o podes fazer uma vez porque cada visitante só tem direito a um voto).

Beijinhos a todos

Rui da Bica disse...

Já "botei" ! :)))
.

Stargazer disse...

Como já te disse achei a ideia genial e o engraçado é participar. Decidi nem sequer mencionar a ideia no meu blog para não influenciar os meus leitores e alguns amigos a virem cá votar. Já agora acho interessante ver se tenho algum voto de pessoas que nem sequer conhecem o meu blog.

Parabéns pela iniciativa!

Beijo,

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso