domingo, 12 de fevereiro de 2012

Da idade...

 

 

Daqui a um mês ficarei a três escassos anos do meio século de vida (digam lá que não tem mais impacto dizer meio século de vida do que dizer, apenas e tão só, 50 anos).
Hoje perguntaram-me se a idade não me assustava. Respondi que não. A idade nunca me assustou. Pelo contrário. Quando uma pessoa aprende com as experiências e os desafios que vida nos vai colocando, conseguimos obter uma serenidade que é impossível obter mais cedo. Porquê?
Bom, uma mulher, depois de atingir os quarenta anos, arrasta consigo uma historia de vida com alguns milhares de dias que lhe dá a experiência suficiente para saber que a perfeição não existe. E esta experiência transmite aquela sensação de segurança que lhe permite enfrentar os dias menos bons.

Mas não só. Dá sabedoria. A sabedoria de saber que as tristezas se renovam mas que as consegue ultrapassar. A sabedoria de saber que há sonhos que são interditos mas que se reforça a capacidade de renovar as nossas prioridades, os nossos objectivos.

A serenidade que "veste" todas as manhãs o sorriso para conseguir enfrentar o mundo. Para calcorrear um caminho que não sabemos bem para onde nos leva mas que só iremos se quisermos...

A música de hoje? Esta.



7 comentários:

Confuskos disse...

A idade e o peso nas mulheres, são... bem tu já sabes o que eu penso disso!!

Mas tem muito a ver com a experiência de vida e a maneira de ser de cada um!

É bom ver alguém com a tua alegria e o teu espírito sempre jovem, agora que és quase adulta.. :)

Quando tiver a tua idade e não é um dado adquirido que lá chegue, serei ainda mais resmungão e serei ainda mais intratável... vais ver!! :P

Só espero ter metade da tua energia, amiga!

Beijinho*

NI disse...

Não és resmungão e, muito menos, intratável. Mas são características que às vezes dão algum jeito para afastar. Mas a mim não me enganas.

:)

Beijo

AC disse...

Não são muitos anos de vida, são muitos anos de sabedoria, de experiência.

Que faças muitos mais, sempre com esse espírito jovem, de bem contigo e com a tua idade:)

GATA disse...

A mim, a idade assusta. Porque tenho consciência que não farei tudo o que sonhei.

Se a idade dá sabedoria, não sei... Mas não me dá (ainda) serenidade!

Dark Phoenix disse...

Irra que tu és impossível...sempre a adiantar o relógio :P
Oh mulher estamos tão bem com a idade que temos não te parece :P:P
Estás sempre a lembrar-me que dois meses depois me toca a mim...fónix;)

Beijo grande

NI disse...

AC, os que vierem a mais, vêm por bem. :)

GATA, a serenidade permite-nos precisamente aceitar com calma que nem todos os sonhos são realizáveis.

Dark, minha querida amiga, tomara muitas jovens de trinta anos estarem como nós. Nós não estamos bem com a idade que temos. estamos mais do que bem, ahahahaha

Beijos

Dark Phoenix disse...

ahahah :P é verdade ;) por acaso não tenho por enquanto a mínima razão de queixa, muito antes pelo contrário :)

Beijos

Mensagens

Arquivo do blogue


Porque não defendo:guetos, delatores pidescos, fundamentalismos e desobediência civil. Porque defendo o bom senso